Secura ocular pode acarretar cegueira.

Com o tempo seco também é comum as pessoas sentirem os olhos ressecados. Mas nem sempre isso é desconforto passageiro, decorrente das alterações climáticas. A secura ocular é uma doença que atinge pequena parcela da população e pode inclusive levar à cegueira. Segundo o oftalmologista Sidney Pardo, o olho seco é provocado por uma alteração na quantidade ou qualidade da lágrima. “A lágrima é responsável pela proteção, oxigenação, umedecimento, limpeza do epitélio corneano e da conjuntiva, bem como pela manutenção de transparência da córnea. Se há um ressecamento, aumenta a probabilidade de se contrair infecções, o que pode tornar a córnea opaca e causar a perda da visão”, explica.

A alteração na lágrima pode ser causada por vários fatores, entre eles clima seco, poluição, permanência excessiva em lugares fechados com calefação ou ar-condicionado. Passar muito tempo em frente à tela do computador também leva ao ressecamento dos olhos. “Em situações normais piscamos cerca de 20 vezes por minuto e quando trabalhamos com o computador apenas de seis a sete vezes por minuto. A redução do piscar diminui a produção da lágrima e pode ser responsável pelo olho seco”, afirma. Medicamentos como descongestionantes, anti-histamínicos e tranqüilizantes, assim como doenças sistêmicas em geral e até o uso de lentes de contato são considerados vilões e agravam a secura ocular.

Os principais sintomas da doença são ardência, irritação, lacrimejamento, sensibilidade à luz e visão de halos coloridos. O médico afirma que aos primeiros sinais de secura do olho é preciso procurar o oftalmologista. “Muitas pessoas só procuram o médico quando os olhos já têm sérios danos na superfície ocular. As complicações podem ir desde uma conjuntivite até alterações graves na córnea”, diz. Em geral, o tratamento é simples e feito com uso de lágrima artificial. Em alguns casos são indicados antiinflamatórios, antibióticos, medicamentos sistêmicos, obturação dos condutos de evacuação das lágrimas ou uso de lentes protetoras. Uma dieta com pouco carboidrato, gordura e carne de vaca, mas rica em vitaminas A e E ajuda a prevenir a secura ocular. “É importante lembrar que qualquer desconforto nos olhos é motivo suficiente para procurar um oftalmologista.”

Serviço:
- Benício Dini de Mendonça, oftalmologista, fone (17) 3227-2070
- Cristiane Sandin, oftalmopediatra, fone (17) 3227-2070
- Sidney Amadeu Pardo, oftalmologista, fone (17) 3214-7622.

Outras Notícias

Copyright - Dr. Benicio - todos os direitos reservados - criação de sites - W3mídia
Facebook   Youtube